Como um contador pode fazer a diferença no seu negócio

Tempo de leitura: 6 minutos

Ter boas ideias, determinação e força de vontade, infelizmente são é o bastante para que seu negócio caminhe perfeitamente bem. E também não basta somente investir um bom capital, empreendedores de sucesso precisam de um bom preparo, planejamento e suporte. E para que seu negócio prospere fortalecido e cresça saudável, você precisa da ajuda de um bom contador!

A contabilidade é parte de uma informação indispensável para que seu empreendimento cresça forte e de maneira segura. Pois bem, os registros contábeis são indispensáveis no momento de analisar seus custos, giro de capital e claro, os encargos e tributos.
Ter um grande reconhecimento no mercado escolhido também está relacionado ao preparo do contado escolhido, agindo ativamente no atendimento de seus clientes.

Através da confiança e bom contato pessoal, somados a uma boa visão estratégica de negócio, são pontos que empresários afirmam serem requisitos obrigatórios para uma boa relação de parceria.

Entre os empreendedores, o serviço contábil é o mais procurado, de acordo com uma pesquisa feita pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), sem contar o fato do mesmo ser também considerado como o segundo ponto mais importante de um negócio, ficando para trás somente dos bons conhecedores do mercado.

Mas, no entanto, atualmente quase metade das empresas vêm fechando suas portas com apenas dois anos de funcionamento, de acordo com pesquisas também realizadas pelo Sebrae. E qual a principal razão? A falta de capital de giro e consequentemente a falta de clientes e por consequência os problemas financeiros que a empresa acaba acarretando por estes fatores.

Profissionais da contabilidade, podem e fazem um papel de importância realmente extrema quando estamos tratando sobre organização de nossa empresa, quanto à estruturação contábil e também possuir um planejamento fiscal financeiro correto, além de ser uma ótima maneira de poder medir exatamente como está o retorno do capital que foi investido.

É o contador que participa ativamente do desenvolvimento de sua empresa, partindo desde a constituição da mesma, passando pelo registro de sua empresa na Junta Comercial ou mesmo no cartório civil e são eles que providenciam também a regularização em diversos órgãos, tais como INSS, Receita Federal e junto a Prefeitura de sua cidade.

Quando não possuímos informações especificas, onde as mesmas fazem a real diferença, acabamos por acabar fechando um negócio que teria tudo para estar ativamente no mercado. Alguns profissionais liberais, principalmente os que atuam como prestadores de serviços, por exemplo, não são autorizados a optar pelo Simples. E as cooperativas possuem legislação especifica, o que acaba exigindo adequação fiscal e contábil únicas.

A primeira preocupação que todo empreendedor deve ter é analisar a real viabilidade da empresa em relação ao mercado, até porque, há tempos e atualmente mais ainda, as iniciativas empreendedoras se dão pela grande taxa de desemprego. E mesmo que muitos empreendedores possuam essa consciência, também quanto o peso que muitos tributos irão ter em seu orçamento, funcionários e aluguel, podem muitas vezes passarem desapercebidos e em muitos casos não são somados no seu preço final pelo qual havia sido imaginado.

É altamente recomendável que todo e qualquer empreendedor busque por orientação profissional especializada antes mesmo de montar sua empresa, assim irá conseguir reconhecer todos os encargos e as obrigações legais que a empresa terá, incluindo as obrigações fiscais e contábeis que terá de arcar de acordo com a atividade escolhida.

Aprenda a entender a contabilidade como uma ferramenta de gestão, assim você vai poder projetar melhor seus resultados e assim alcançar as metas que deseja. A maioria dos empresários ainda desprezam avaliações e dados, e são esses motivos que os fazem perder inúmeras possibilidades de aprender com a experiência, formação e a competência que fazem a diferença em qualquer tipo de negócio através de um contabilista.

5 razões para você contratar um contador para seu negócio

  1. Antes de iniciar seu negócio você precisa definir as atividades que estão relacionadas a sua empresa. Pode parecer indiferente você reconhecer a sua atividade no momento de abrir ou mesmo para descrever seu negócio, porém são tais atividades que irão dizer as alíquotas de impostos que você terá de arcar de acordo com a receita que pode variar bastante.
  2. Possuir formato jurídico mais adequado, pois um contador irá te orientar quando ao planejamento não só tributário, como também societário de sua empresa. Você precisa entender muito sobre os tributos, procedimentos e autorizações. E você sabe qual o formato jurídico mais adequado para sua empresa? Ou então se sua empresa poderá fazer parte do Simples? Vai ter sócios? O que isso poderá implicar em sua decisão? São questões que um contabilista ajuda e muito!
  3. Manter as obrigações da empresa de acordo com as atualizações legais, pois quando seu negócio já está encaminhado, você precisa contar com um profissional que esteja fielmente atento as possíveis alterações que ocorrem nas leis brasileiras. Somente desta maneira você consegue manter as obrigações tributarias de sua empresa em ordem e evitar maiores problemas futuros.
  4. Fluxo de caixa e orçamento são duas coisas que mantém o crescimento de seu negócio de uma maneira sustentável, fazendo com que você perceba de uma maneira extremamente transparente os números pelos quais você está lidando diariamente. Um bom contador irá permitir que você saiba perfeitamente o que está entrando e saindo em seu caixa, como também os números que estão relacionados as suas expectativas financeiras futuramente.
  5. Encerrar sem maiores problemas. Sim, é o contador também que auxilia no momento de encerrar as atividades de seu negócio, da melhor maneira possível, caso você esteja pensando que é hora de infelizmente dar fim ao seu negócio. É o contador que irá buscar por possíveis pendencias que precisem ser resolvidas, bens que precisão ser compartilhados e pagamentos. Da mesma maneira que é necessário consultar um contabilista no momento de abrir seu negócio, é ele também que vai auxiliar no momento de encerramento de suas atividades, de uma maneira extremamente transparente e fazendo com que não tenha mais nenhum problema futuramente.